quarta-feira, 6 de março de 2013

Como e por que o Flamengo?

É preciso viajar pelo tempo para entender os porquês...


This is a Red and Black Nation (Esta é uma Nação Vermelha e Preta). Este texto se inspira em A NAÇÃO e os contatos com o autor foram feitos aqui pelo blog. O link acima traz a reprodução do artigo publicado num site europeu pelo jornalista escocês Jamie McGregor. Ele capturou com maestria e sintetizou perfeitamente.
ATENÇÃO: a descrição do artigo no link acima está em inglês.

As influências do Flamengo no mundo do futebol são extremamente antigas, tanto no Brasil, quanto fora dele. Esta especial série de artigos a seguir conta e acompanha de perto esta história. Em Influências do Flamengo pelo mundo, os mantos inspirados no clube fora do país. Em Primos do Flamengo pelo Mundo, uma série de clubes - na América Hispânica, na África e na Europa - chamados Flamengo. Em Primos do Flamengo pelo Brasil, as influências em clubes com o mesmo nome pelo Brasil, de norte a sul.


Dois personagens que são atores preponderantes de A NAÇÃO, e que são peças fundamentais no entendimento da grandeza do Flamengo. Alguns artigos aqui do blog explicam como e porquê: Mário Filho e o Flamengo é o primeiro deles. Mário Filho x Nélson Rodrigues - o maior Fla x Flu de todos os tempos continua as explicações. Por fim, 100 anos do Fla x Flu, o clássico de antes do nada fecha esta bonita série de histórias que explicam a sociologia da grandeza rubro-negra.





Ninguém explica ou entende o Flamengo sem conhecer a história da Charanga, que está contada no link acima.
Prosseguem os rubro-negros na sua campanha e com fundadas razões. Apenas julgamos que a sua torcida organizada deve adaptar melhor as suas iniciativas ao espetáculo futebolístico. Domingo, por exemplo, tivemos uma música, misto de fanfarra e batucada, de todo inoportuna, pois não se calou um único momento durante os noventa minutos, enfadando todos. Por outro lado, achamos excelente a demonstração dessa torcida, que após o prélio desfilou pelo gramado, comemorando carnavalescamente a vitória retumbante.

Os Movimentos Estudantis de 1968 foram os grandes incentivadores destas torcidas, agora com um espírito mais de protesto, mas ainda sem perder os ares carnavalescos. Os anos 70, ápice dos grandes públicos no Maracanã, trouxeram a criação de uma grande quantidade de torcidas organizadas.
O ônus da tamanha popularidade é que há uma mistura do bom e do ruim, da beleza e da feiura, da alegria e da tristeza. O Flamengo é um retrato do Brasil, em suas virtudes e suas mazelas.


Há uma série de publicações sobre a história do Flamengo. Entre estes livros sobre o Flamengo, destaco abaixo os meus preferidos. O marco histórico da literatura sobre o Flamengo é a publicação em 1944 de "Histórias do Flamengo", do jornalista Mário Filho. A primeira edição foi publicada em 1944 pela Editora Pongetti, depois houve novas edições, em 1963 e 1966, pela Editora Gernasa. Depois vieram uma série de outros livros que ajudam a entender esta grandeza, até chegarmos em A NAÇÃO. No link acima, a descrição das principais obras sobre o Flamengo.


Celebridades Internacionais com o Manto Sagrado
Várias foram as celebridades internacionais vestir vermelho e preto, desde o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, passando por Madonna, Ozzy Osbourne, Kelly Slater, Kareem Abdul Jabbar ... no link acima, confira a integra desta história.

Veja também: Lendas da NBA já vestiram a camisa do Flamengo



Derrubando no post acima o mito de que foi por causa da Rede Globo... Esta é a principal Tese Conspiratória entre as tantas que existem na tentativa de explicar Como e Por que o Flamengo se tornou o clube com maior torcida do Brasil. É uma entre tantas que me motivaram a escrever "A Nação" para desmistificar estas conspirações. Os motivos da grandeza do Flamengo estão na história e na sociologia. Ninguém conseguiria construir um mito do nada ... As novas gerações tem dificuldade de entender este Como e Por que o Flamengo porque não conheceram um outro Rio de Janeiro no passado. Daí surgem as conspirações. Alimentadas ainda mais pela paulistada, potência econômica hegemônica no Brasil Contemporâneo. A grandeza moderna do RJ ficou associada à Rede Globo para aqueles que não tem como entender a grandiosidade que representou o Rio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário